| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Galera da IEQ
Desde: 18/08/2004      Publicadas: 11      Atualização: 25/08/2004

Capa |  É nós no site  |  Estudos Biblícos  |  Mensagens Biblícas  |  Resenha Pura  |  Sou de Deus


 Estudos Biblícos
  18/08/2004
  0 comentário(s)


JESUS, O LEÃO

Jesus Cristo como Batizador no Espírito Santo é tipificado no ROSTO
DO LEÃO. Temos o seguinte esboço para o estudo desta doutrina:Jesus batiza


A – O "rosto de leão” Jesus Cristo o Batizador no Espírito Santo.
B – Evangelho João
C – Como apresenta Jesus Como “Filho de Deus”
D – Símbolo do Batismo no Espírito Santo Pomba
E – Cor simbólica na bandeira Ouro (amarela)
JESUS, O LEÃOJESUS O LEÃO


Jesus Cristo como Batizador no Espírito Santo é tipificado no ROSTO
DO LEÃO. Temos o seguinte esboço para o estudo desta doutrina:Jesus batiza


A – O "rosto de leão” Jesus Cristo o Batizador no Espírito Santo.
B – Evangelho João
C – Como apresenta Jesus Como “Filho de Deus”
D – Símbolo do Batismo no Espírito Santo Pomba
E – Cor simbólica na bandeira Ouro (amarela)

2 – Jesus Cristo, O Batizador no Espírito Santo
A – O segundo rosto que Ezequiel viu foi o “ROSTO DE LEÃO” representando Jesus Cristo como Batizador no Espírito santo.
Quando lemos na Palavra de Deus que Sansão, Davi e Benaia mataram um leão (Juízes 14:5-6; I Samuel 17:34-36; II Samuel 23:20), sempre pensamos em pessoas muito valentes; isto porque o leão é símbolo de força e poder.
O primeiro e o último livro da Bíblia falam de Jesus como leão. A profecia “Judá é um leãozinho” (Gen. 49:9) é referente a Jesus, que viria da tribo de Judá. Será cumprida ainda no futuro, como lemos no último livro da Bíblia. “E disse-me um dos anciões: Não chores, eis aqui o Leão da tribo de Judá, a raiz de Davi, que venceu para abrir e desatar os sete selos”. (Apoc.5:5)

Este Leão que disse: “É-me dado todo poder no céu e na terra” (Mat. 28:18), foi reconhecido pr João Batista como o Batizador no Espírito Santo: “... Aquele que vem após mim é mais poderoso do que eu... Ele vos batizará com o Espírito Santo...” (Mat. 3:11)

Nos últimos dias do seu ministério Jesus disse: “... Convém que eu vá, porque se eu não for, o Consolador não virá a vós; mas se eu for enviar-vo-lo-ei”. (João 16:7).

Pouco antes de Sua ascensão, Jesus disse aos discípulos: “... na verdade, João batizou com água, mas vós sereis batizados com o Espírito Santo não muito depois destes dias”. (Atos 1:5) Jesus considerou tão importante o Batismo no Espírito Santo que ordenou aos Seus discípulos “Ficai, porém, na cidade de Jerusalém até que do alto sejas revestido de PODER”. (Lucas 24:49)

Esta promessa concretizou-se no Dia de Pentecostes. Vejamos o relato em Atos 2:1-4. “E cumprindo-se o dia de Pentecostes, estavam todos reunidos no mesmo lugar; e de repente veio do céu um som, como de um vento veemente e impetuoso, e encheu toda a casa em que estavam assentados. E foram vistas por eles línguas repartidas, como que de fogo, as quais pousaram sobre cada um deles. E todos foram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem.”


Esta preciosa promessa tornou-se realidade desde os tempos apostólicos. Vejamos os acontecimentos em Samaria, Cesaréia e Efeso:

1 - Um ano após o Pentecostes, em Samaria, os samaritanos "receberam o Espírito Santo" (At. 8:1-24). O falar em línguas como manifestação do Espírito é evidente, porque Simão, o mágico, ofereceu dinheiro pelo poder de transmitir este dom manifestado diante de seus olhos.

2 - Oito anos depois do Pentecostes (At. 10:1-48), em Cesaréia, Cornélio, gentio, como "muitos que ali se haviam ajuntado" (At. 10:27), estavam ouvindo as palavras de Pedro, quando veio o Espírito Santo sobre eles e "... todos quantos tinham vindo com Pedro maravilharam-se de que o dom do Espírito Santo se derramasse também sobre os gentios... Porque os ouviam falar em línguas, e magnificar a Deus" (At. 10:44-46).

3 - Vinte anos depois do Dia de Pentecostes (At. 19:1-6), em Efeso, veio o Espírito Santo sobre uns doze varões que estavam ouvindo a palavra de Paulo, e e "falavam línguas e profetizavam" (AT. 19:6).

B - João apresenta Jesus, como o Batizador "que batiza com o Espírito Santo" (Jo. 1:32,33).

C - João apresenta Jesus, o Batizador, como "Filho de Deus" e afirma: "Estes, porém, foram escritos para que creiais que Jesus é o CRisto, o FILHO DE DEUS" (Jo. 20:31). Seu Evangelho foi escrito para os cristãos do mundo todo.

João não apresenta a origem humana de Jesus, mas abre o seu Evangelho com a afirmação positiva da Sua divindade. "No princípio era o Verbo... e o Verbo era Deus" (Jo 1:1). Além disso o próprio Jesus identificou-se com o Pai: "... dizia que Deus era Seu próprio Pai, fazendo-se igual a Deus" (Jo. 5:18). Aceitou a exclamação de Tomé: "Senhor meu, e Deus meu !" (Jo. 20:28). Afirmou Sua eternidade: "Antes que Abraão existisse, EU SOU" (Jo. 8:58).

D - O símbolo do Batismo com Espírito Santo é a POMBA (Mt. 3:16).

E - Este aspecto do Evangelho está simbolizado na bandeira pela cor de OURO, tipificando o fogo celestial do Espírito Santo.





  Mais notícias da seção Adoradores no caderno Estudos Biblícos
25/08/2004 - Adoradores - Por que eu existo?
Eclesiastes 1.16-18 Com certeza muitos de nós já paramos para pensar na finalidade da vida. Entretanto, ainda que você nunca tenhamos analisado esse assunto como filósofos, vivemos de acordo com certas formas de pensamento e nossas atitudes revelam qual é a filosofia que seguimos. Sendo assim, nossas atitudes mostram qual é o nosso pensamento ...



Capa |  É nós no site  |  Estudos Biblícos  |  Mensagens Biblícas  |  Resenha Pura  |  Sou de Deus
Busca em

  
11 Notícias